Mudando com as crianças: como preparar seu filho para a mudança de cidade, amigos e escola?

Se você chegou até aqui é porque se identificou com o título do nosso post não é? E está inseguro e cheio de dúvidas, pois irá lidar com uma situação-problema: explicar ao seu filho que a família vai se mudar.  Se uma mudança já é difícil para nós, que somos adultos e entendemos tudo o que implica, imagine para as crianças. Só de pensar que ela se afastará dos amigos, da escola e de tudo o que conhece, é uma situação assustadora.

Claro que, dependendo da idade da criança, a reação será diferente com a situação. Até os 2 ou 3 anos de idade, normalmente as crianças se adaptam muito bem às mudanças. Vão sentir a reação da família, ou seja, se os pais estiveram inquietos, estressados, passarão esse sentimento à elas. Por isso converse com as crianças, passe tranquilidade e explique de forma simples, para que elas consigam entender a mudança do jeitinho delas. Mas se você notar alguma mudanças brusca de comportamento procure a ajuda de um especialista.

Já após os 3 anos de idade, há alguns passos recomendados que auxiliarão na preparação do seu filho para a mudança:

Dica #1: A verdade é sempre o melhor caminho
Não deixe para contar em cima da hora para o seu filho. Se a família vai se mudar, independentemente das circunstâncias, seu filho precisa e merece saber o quanto antes. 

Dica #2: Contextualize a mudança
Explique, de forma positiva, os motivos da mudança e como ela vai afetar a vida da família. Incentive que a criança interaja com você fazendo perguntas. Inclua ela na preparação da mudança, assim ela se sentirá integrada a tudo que está acontecendo.

Dica #3: Mostre sempre o lado positivo
Mostre sempre a mudança como algo positivo e que trará muitas coisas boas como novos amigos, novos lugares para brincar, um quarto novo, é próximo de algo que ela gosta, etc. Concentre-se nos benefícios, claro que tudo deverá ser verdade.

Dica #4: Explorem juntos a nova morada
Leve a criança para conhecer a casa onde irão morar, antes da mudança. Quando a mudança estiver feita incentive que seu filho ajude a organizar a nova casa, explore a nova casa e a nova vizinhança junto com ele.

Dica #5: Escolha um período tranquilo
Se possível faça a mudança no período das férias escolares, assim a criança não terá que lidar com mais uma mudança: se adaptar ao ano letivo em andamento em uma escola nova. Também é importante que a mudança não coincida outra mudanças de vida da criança, como a retirada de fraldas ou a separação do casal. Você corre o risco de tornar a mudança ainda mais traumática.

Dica #6: Filme
Nossa última dica é um filme que aborda o assunto de forma inteligente. A animação Divertida Mente, conta a história de Riley, uma garota divertida de 11 anos de idade, que enfrenta mudanças importantes em sua vida quando seus pais decidem deixar a sua cidade natal, no estado de Minnesota, para viver em San Francisco. O pano de fundo é mudança de cidade e como ela afetou no desenvolvimento emocional da menina. Além de tudo é um filme divertido e educativo, uma ótima opção de lazer para toda a família.

Espero que este post tenha auxiliado um pouco nas suas dúvidas e inseguranças com um assunto tão delicado quanto é a mudança para as crianças. Nos vemos no próximo post.


Newsletter

© Copyright 2017 - Mudanças em Florianópolis e Aproveitamento para todo Brasil - Mudanças Mônica . Todos os Direitos Reservados