Tudo o que você precisa saber para realizar o sonho de morar fora do Brasil

Morar fora do Brasil é o sonho de muitas pessoas. E é realmente uma ideia sedutora… pois imagine a experiência valiosa que pode ser. Tanto no lado profissional, quanto no lado acadêmico ou cultural, aventurar-se por outros países é sempre enriquecedor. Mas uma mudança para fora do país não só alegrias, há muitos desafios e você precisa estar ciente disso se esse é o seu sonho.

Outro aspecto é que muitos têm é que morar no exterior parece ser tão glamuroso, que dá a impressão que é algo inatingível se você não tiver muito dinheiro. Mas isso é uma grande mentira e no post de hoje nós vamos te mostrar algumas formas de morar fora do país, confira:

  1. Visto de estudante e trabalho: É um visto específico que permite que você estude e trabalhe legalmente durante os seus estudos. Não tem limite de idade e é um dos mais fáceis de conseguir. Existem dois tipos de estudos: universitários e técnicos (onde também é possível estudar inglês).
  2. Visto de férias e trabalho: O “Working Holiday Visa” ou “Visto de Férias e Trabalho” é uma autorização de residência que permite viajar e trabalhar no país emissor do visto para suplementar seus fundos de viagem. É a opção para quem não deseja estudar ou não pode investir em um intercâmbio. Esse visto dura normalmente um ano.
  3. Faça intercâmbio: Você pode fazer intercâmbio através de uma destas três formas: de estudo (para estudar uma língua); business (para estudar o idioma e alavancar a carreira profissional); ou preparatório (para exames de proficiência com certificação internacional como Cambridge, IELTS, TOEFL e TOEIC entre outros).
  4. Guarde dinheiro e seja mochileiro: Se você quer conhecer o mundo, ser mochileiro é uma das formas mais baratas de viajar. Você não terá uma residência fixa, será um nômade. Nesta modalidade é possível trabalhar em hostels, hotéis e lugares do tipo, para conseguir renda para continuar a viagem. Ou ainda você pode ser um nômade digital e trabalhar pela internet do lugar que você estiver.
  5. Segunda cidadania: Há basicamente 3 formas de conseguir uma dupla cidadania: por parte de família (pais, avós ou bisavós que já possuem cidadania de outro país); através da residência permanente (quando você passa algum tempo morando num país estrangeiro, normalmente a trabalho); e casando-se com um estrangeiro (neste caso, não necessariamente você conseguirá a dupla cidadania, mas ao menos poderá morar e trabalhar legalmente no país do seu par).
  6. Seja um voluntário: Se ajudar o próximo é o seu objetivo de vida, ser voluntário pode ser uma oportunidade única de morar fora do país. Você pode se voluntariar para ajudar países carentes ou mesmo trabalhar em troca de comida e moradia.
  7. Através de projetos da universidade: Muitas universidades têm programas de internacionalização que auxiliam os estudantes a conseguir um emprego e moradia fora do país. Outras opções são projetos de pós-graduação, onde o estudante vive fora do país para cursar a especialização, muitos dos cursos inclusive oferecem toda a ajuda de custo necessária. No brasil há também a opção de estudar no exterior com o Programa Ciência sem Fronteiras ou com bolsas de estudo do CNPq.

É importante em todas as opções citadas que você consulte as regras para o país que você quer ir. Estas são apenas algumas das possibilidades que podem te levar a morar fora do país, agora se você já conseguiu realizar esse sonho e está planejando a mudança propriamente dita, esse post pode ser de grande utilidade.

Boa viagem (ou plano de viagem) e até o próximo post!


Newsletter

© Copyright 2017 - Mudanças em Florianópolis e Aproveitamento para todo Brasil - Mudanças Mônica . Todos os Direitos Reservados